Como montar uma empresa comercial importadora e exportadora em Saltinho

 

Contabilidade

Apresentação

Aviso: Antes de conhecer este negócio, vale ressaltar que os tópicos a seguir não fazem parte de um Plano de Negócio e sim do perfil do ambiente no qual o empreendedor irá vislumbrar uma oportunidade de negócio como a descrita a seguir. O objetivo de todos os tópicos a seguir é desmistificar e dar uma visão geral de como um negócio se posiciona no mercado. Quais as variáveis que mais afetam este tipo de negócio? Como se comportam essas variáveis de mercado? Como levantar as informações necessárias para se tomar a iniciativa de empreender

O barateamento dos meios de transporte e o desenvolvimento das novas tecnologias de comunicação aprofundaram o processo de integração econômica mundial. O capitalismo promoveu a ampliação do mercado de consumo para os países em desenvolvimento, aproximando pessoas e empresas. Atualmente, qualquer empresa pode comprar e vender bens e serviços no mundo inteiro, com custos de transação bem reduzidos.

Com a intensificação das relações comerciais mundiais, os países passaram a se especializar na produção e consumo de determinados bens e serviços. Assim, o Brasil tornou-se um importante produtor de commodities (principalmente soja, algodão, carne e minério de ferro), a China fabrica materiais eletrônicos e tecidos, a Índia gera serviços de tecnologia e de call center, a Rússia produz gás e petróleo, a União Européia vende vinhos e serviços financeiros e os Estados Unidos tornaram-se o grande consumidor mundial. Esta especialização internacional, aliada ao fenômeno de globalização, abre oportunidades para pequenas empresas atuarem no processo de intermediação de bens e serviços, ofertando produtos nacionais no exterior (exportação) ou ofertando produtos estrangeiros no Brasil (importação). Estas empresas exportadoras e importadoras normalmente comercializam no mercado business-to-business, ou seja, compram e vendem para outras empresas.

O mais importante para o empreendedor que deseja exportar ou importar é o relacionamento com os parceiros comerciais. Nas transações internacionais, o compromisso com prazos, quantidades e preços é a condição básica para que se tenha credibilidade e acesso ao mercado externo. No caso de exportação, o governo brasileiro ainda oferece benefícios fiscais e linhas de crédito facilitadas.

O setor é muito suscetível às cotações cambiais e aos humores externos. Subsídios, embargos, normas sanitárias, barreiras alfandegárias, acordos comerciais, incentivos fiscais, blocos econômicos e política cambial afetam diretamente o negócio, podendo trazer instabilidade ao negócio e elevando o seu nível de risco. Para lidar com todas estas variáveis e obter mais informações sobre a viabilidade comercial do empreendimento, sugere-se a elaboração de um plano de negócios. Para a construção deste plano, consulte o SEBRAE mais próximo.