post

Se você está pensando em abrir uma empresa de prestação de serviços, precisa estar atento em alguns critérios existentes.

Toda empresa prestadora de serviços é de Natureza Jurídica (PJ), e as atividades que se ligam a ela win product key são baseadas no lucro obtido por meio de um trabalho exclusivo na prestação de serviços.

Quem pode abrir uma prestadora de serviços?

Qualquer pessoa especializada em uma área, pode montar uma empresa de prestação de serviços.

O profissional não precisa necessariamente ter um diploma, basta que possua alguma experiência que agregue valor a vida ou carreira de determinado (s) público (s) alvo (s).

Nesse sentido entrará:

  • Talento.
  • Habilidade.
  • E conhecimentos.

Ainda nesse contexto, os profissionais associados podem ser:

  • Técnicos em Informática
  • Eletricistas.
  • Cabeleireiros.
  • Consultores
  • Organizadores de eventos.
  • Técnicos em Manutenção Predial
  • Entre outros.

Podem também exercer profissões regulamentadas e que exigem graduação, tais como:

  • Médicos
  • Engenheiros
  • Dentistas
  • Advogados
  • Nutricionistas
  • Entre outros

O que é preciso para formalizar uma empresa de prestação de serviços?

1 – opção pelo regime tributário

  • Se o seu faturamento for abaixo de R$60.000,00/ano ou R$5.000,00/mês, a opção mais interessante é você se tornar um MEI (MIcroempreendedor Individual ), pois você terá uma carga tributária baixa e com valor pré-definido. No entanto, você deve consultar se o seu tipo de negócio pode ser enquadrado como MEI.
  • Se o seu faturamento for acima de R$ 60.000,00 por ano, a opção mais indicada é uma micro ou pequena empresa. Como micro ou pequena empresa você poderá optar por três tipos de regimes tributários: Lucro Real, Lucro Presumido ou Simples Nacional. O mais vantajoso dos três, dependendo do seu faturamento é o Simples Nacional, porém, é interessante você sentar com seu contador para simular qual o melhor enquadramento tributário para o seu tipo de negócio e faturamento.

2 – Registro na Junta comercial e CNPJ

O empreendedor precisará fazer um registro nos órgãos competentes do município e estado ao qual está sediado.

E o que é preciso para registrar e abrir uma empresa prestadora de serviços?

  • Primeiro passo para abrir uma empresa de prestação de serviçoÉ importante ter um contador para maiores esclarecimentos e orientações quanto a consulta da viabilidade acheter viagra via REGIN, que se trata de um sistema de cadastro integrado, que centraliza as entradas de informações cadastrais das empresas nas: Junta Comercial, Receita Federal, Secretaria de Fazenda Estadual e Prefeituras Municipais. Por meio dela também é possível verificar a viabilidade da implantação da empresa.
  • Segundo passo para abrir uma empresa de prestação de serviço – Confecção do contrato social ou o chamado de Requerimento de Empresário (para o empreendedor que não possui sócio). É importante fazer o registro desses documentos na Junta Comercial do Estado ou Cartório. Para isso é preciso: dar entrada no CNPJ por meio do DBE, que é o Documento Básico de Entrada. Caso a empresa além de ser prestadora de serviços, comercializar mercadorias, a mesma vai precisar de inscrição estadual.
  • Terceiro passo para abrir uma empresa de prestação de serviço – Depois do deferimento ou liberação do seu contrato social, da inscrição estadual (se for o caso) e do CNPJ, é preciso providenciar o registro da empresa na prefeitura do seu município, para solicitação do alvará de funcionamento.

Os custos para a abertura da empresa, depende de cada município, por isso é sempre importante ter a consultoria de um contador. Depois que a empresa tiver com a inscrição municipal, ela já poderá funcionar regularmente.

Prazos de abertura de uma empresa de prestação de serviço

O prazo para abertura de uma empresa de prestação de serviço dependerá especificamente da agenda dos órgãos competentes. Portanto, pode haver uma variação de 5 a 25 dias úteis, a partir do registro feito na Junta Comercial e do Cartório.

Conclusão

O processo de formalização de uma empresa no Brasil, é um dos mais complicados do mundo, pois existem modelos diferentes de tributação, pois, dependendo do porte e de outros pontos, a empresa pode ser enquadrada em um perfil, já em outro não.

Por esse motivo, como você pode perceber, são muitos pontos para se avaliar, consultar, para então receber aprovação.

Se você tem o desejo de começar certo e não ter problemas com o negócio, podendo se desenvolver de maneira crescente e ajustada no mercado, o primeiro passo é estar ciente da regularidade de seu negócio e da tributação que precisa ser paga de maneira correta.

Diante do exposto, por causa da burocracia, taxas, porte, enquadramento tributário e muito mais, é bom você contar com um ótimo aliado para lhe ajudar a empreender: o Contador!

Consulte uma Assessoria Contábil especializada em empresas prestadoras de serviços, e você vai ver como pode ser vantajoso você formalizar sua empresa e ter muito sucesso no mundo dos negócios!

Nós podemos ser seus aliados!

Fonte: pereiraegoya.com.br

Calegari Contabilidade