Você pode ter o perfil da sua liderança traçado por uma contabilidade em Saltinho – Parte III

No último texto da série, confira os últimos perfis de liderança traçados pela contabilidade em Saltinho para agregar à sua empresa

Após dois artigos e diversas demonstrações de perfis de liderança dentro das empresas, chegamos a conclusão da importância da contabilidade em Saltinho em observar todos os pontos do ambiente de trabalho e das pessoas que compõe a equipe, para que assim venha nortear a postura do líder.

No nosso terceiro e último texto da série sobre perfis de liderança, traremos os últimos perfis de senso comum, para que você avalie como determinada postura pode interferir no sucesso prático da sua empresa. Mas para isso acontecer, você precisará ter uma visão isenta sobre o traçado estratégico passado pela contabilidade em Saltinho, uma visão de fora pra dentro, com documentos e dados que geram a identidade da sua empresa. Cabe ao líder, então, ao ler essa série de artigos, negar-se a si mesmo ou arregaçar as mangas e se policiar quanto o que cabe a sua postura em relação a ele próprio, aos seus liderados e a empresa como um todo.

O intuito da contabilidade em Saltinho, é estimular o pensamento por parte da liderança quanto ao autoconhecimento, tanto pessoal, quanto da sua equipe. Se engana quem acha que a contabilidade em Saltinho só interfere nos aspectos concernentes as questões técnicas, já que, na verdade, ela pode influenciar em todos os setores da empresa, pois as suas percepções são de fora pra dentro e envolvem ainda balanços e comprovações técnicas. A contabilidade em Saltinho tem grande valia no desempenho prático de cada uma peça da empresa.

Individualista

O líder individualista é aquele que tem o mundo em suas mãos. Geralmente é alguém inexperiente no cargo de direção e por isso mesmo coloca os pés pelas mãos, já que chegou ao cargo por méritos profissionais, mas esquece que para exercer o cargo de liderança não basta ser um bom profissional, mas é extremamente importante saber gerir pessoas. E no compasso em que o líder é centralizador, os seus liderados tendem a se sentir desmotivados, enquanto com o tempo o seu corpo e a sua mente sobrecarregarão.

Diferentemente do que muitas empresas acham, o líder centralizador, por assumir a bronca, não é tão bom assim. No frigir dos ovos, os resultados produzidos por uma pessoa tendem a ser menores do que os de uma equipe. Sendo assim, cabe a contabilidade em Saltinho justamente fazer essa medida e trazer a tona dados e levantamentos que levem o líder a ser mais aberto nas suas posturas.

Liberal

O líder liberal precisa estar muito convicto das suas posturas, justamente porque ser liberal é uma estratégia arriscada, mas muito positiva se bem trabalhada.

Para ser colocada em prática, cabe ao líder conhecer muito bem a sua equipe de trabalho, tendo a plena certeza de que eles vão ter o melhor desempenho possível, estar livre para desenvolver ideias e respeitarão limites e prazos.

No fim, o papel da contabilidade em Saltinho está em fazer o levantamento de desempenho da liderança liberal e saber exatamente até onde ela pode ir.

Inspira

O líder que inspira é aquele que consegue ser pessoal e profissional em conjunto, não fazendo acepção de funcionários, desenvolvendo o melhor de cada liderado, sendo visionário e agregando talentos.

Ele inspira por não escarrar a sua qualidade mas desempenha-la na prática.

E é por isso que escolhermos o líder que inspira para encerrar a nossa série de textos, justamente para que, simples e direto, saibamos onde deveremos chegar. Além de, no final, entendermos o tamanho da importância da contabilidade em Saltinho em cada um desses fatores.