Informações Sobre o MEI: O Que é e Como Funciona

O objetivo deste artigo é fornecer informações sobre o Microempreendedor Individual (MEI) para que você possa tomar uma decisão sobre se tornar um. Antes de entrarmos no assunto, é importante esclarecer alguns pontos.

O que é o MEI?

O MEI é a categoria de empreendedor que reúne as características de microempresa e empreendedor individual. Trata-se de um empreendedor que tem um negócio próprio, mas que ainda não atingiu o tamanho de empresa que requer o registro na Receita Federal como ME ou MPE.

De acordo com matéria do InfoMoney (2022) “São 19.373.257 de empresas, das quais 13.489.017 são de microempreendedores (69,6% do total)”.

Para ser um MEI, é necessário ter um CNPJ, um valor de faturamento anual de até R$ 81.000 (oitenta e um mil reais) e ter até 1 funcionário contratado. Porém, há algumas categorias que não podem ser MEI como dentistas, advogados, médicos, entre outros. Confira aqui as ocupações que se enquadram como MEI.

Quais os benefícios do MEI?

Os principais benefícios do MEI são a facilidade de abertura do negócio, a isenção de impostos federais (INSS, PIS, Cofins e IPI) e a possibilidade de contribuir com o FGTS.

Além disso, o MEI tem acesso a linhas de crédito especiais, com juros reduzidos, e pode participar de licitações por meio do Simples Nacional.

Se eu for um MEI, posso contratar funcionários?

Sim. O empreendedor que se enquadra no MEI pode contratar até 1 (um) funcionário.

Quanto vou pagar de impostos?

O empreendedor MEI deve pagar a DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional). O valor do documento varia de acordo com a atividade:

  • Comércio e Indústria: R$ 61,60 (INSS + ICMS)
  • Serviços: R$ 65,60 (INSS + ISS)
  • Comércio e Serviços: R$ 66,60 (INSS + ICMS/ISS)

Se eu for um MEI, posso emitir nota fiscal?

Sim. O MEI pode emitir nota fiscal para todas as operações realizadas.

Por que é importante contar com um contador?

É recomendável que o empreendedor contrate um contador para o seu negócio mesmo que ele se enquadre no MEI, pois ele ainda terá um maior controle sobre as finanças da empresa.

Quer saber mais sobre o MEI? Entre em contato com a nossa Contabilidade e tire todas as suas dúvidas!

 

Fonte: https://www.infomoney.com.br/negocios/69-das-empresas-ativas-no-brasil-sao-meis-sas-sao-apenas-09-do-total/

5 Dicas para Manter sua Empresa em Dia

No Brasil, é cada vez mais comum encontrar pequenas e médias empresas que não estão regulamentadas junto ao governo. Muitos empresários, ao iniciarem seus negócios, acabam tendo alguma dificuldade em manterem-se regulares junto aos órgãos públicos, devido ao pouco conhecimento sobre o assunto.

Essa situação traz diversos problemas para o empreendedor, pois sem a regularização do seu negócio, ele não consegue emitir notas fiscais, não pode participar de licitações públicas, nem obter financiamentos. Além disso, a empresa corre o risco de ser fechada pelas autoridades caso seja descoberta e não esteja regulamentada.

Confira a seguir algumas dicas para manter sua empresa regularizada

1. Mantenha seus documentos organizados e em ordem
É importante manter seus documentos de contabilidade organizados e em ordem, para que seja mais fácil identificar e localizar qualquer informação requerida.

2. Mantenha seus livros de contabilidade atualizados
A contabilidade é um registro dos fatos econômicos da empresa. Por isso, é importante manter seus livros atualizados, para que seja possível analisar a performance da empresa e tomar decisões mais acertadas.

3. Faça os pagamentos em dia
Por mais que seja desconfortável, é importante fazer os pagamentos em dia, para que a empresa nunca fique em atraso com seus credores.

4. Mantenha seus registros fiscais atualizados
Os registros fiscais são importantes para demonstrar às autoridades fiscais a situação econômica da empresa. Por isso, é importante atualizá-los sempre que necessário.

5. Mantenha seus dados cadastrais atualizados
Os dados cadastrais da empresa devem ser atualizados sempre que houver alguma alteração, como mudança de endereço, por exemplo.

Outra dica importante é ter um profissional contábil de confiança. O contador é um profissional especializado em assessorar as empresas na área contábil, fornecendo informações e orientações sobre como mantê-la dentro da lei.
Então, se você ainda não tem uma contabilidade para cuidar da regularização de sua empresa, entre em contato conosco e saiba mais sobre os nossos serviços.

Como Recrutar Profissionais com Excelência

A busca por profissionais qualificados e excelentes está cada vez mais difícil. Esse cenário traz grandes desafios para as empresas, mas também oportunidades para os candidatos que se destacam pelo seu potencial.

Como recrutar profissionais com excelência?

A primeira etapa é analisar os objetivos da empresa. Esse processo deve levar em consideração o perfil da equipe atual e as necessidades da empresa no futuro.

É importante definir quais são os requisitos mínimos para o cargo e procurar candidatos que atendam a essas exigências. Mas é igualmente importante avaliar as competências essenciais para o cargo e tentar identificar quais são as habilidades e as atitudes desejáveis.

A segunda etapa é realizar uma triagem dos candidatos. É necessário avaliar os currículos, os resultados dos testes e as entrevistas.

A terceira etapa é conduzir uma entrevista individual. É importante focar nos objetivos do cargo e nas competências essenciais. É necessário avaliar as atitudes e as habilidades dos candidatos.

A quarta etapa é realizar uma avaliação de desempenho. Esse processo deve avaliar as competências desejáveis e as atitudes do candidato.

A quinta etapa é oferecer um treinamento adequado. Esse processo deve incluir o treinamento necessário para atingir os objetivos do cargo.

A sexta etapa é estabelecer um plano de carreira. Esse processo deve incluir a definição de objetivos e o acompanhamento do desempenho do candidato.

A última etapa é avaliar o desempenho do candidato no cargo. Esse processo deve levar em consideração os objetivos do cargo e as competências essenciais.

O papel dos gestores de pessoas é fundamental para o sucesso do processo de recrutamento e seleção. Esses profissionais devem avaliar os objetivos da empresa, conduzir uma triagem dos candidatos, avaliar o desempenho dos candidatos selecionados e estabelecer um plano de carreira para eles.

Se você pretende montar seu próprio negócio, é essencial que contrate os serviços de uma contabilidade confiável e especializada na área. Somente dessa forma você terá a certeza de que está fazendo tudo da maneira correta e dentro da lei. Esperamos que essas dicas tenham sido úteis!

Contabilidade Para Psicólogos: Quais São os Benefícios?

Um bom contador é a chave para a saúde financeira e o sucesso da maioria das empresas e psicólogos autônomos.

Portanto, um contador, ou consultor financeiro, irá ajudá-lo a ver todo o quadro da sua vida financeira. Então, um contador irá ajudá-lo a descobrir como realizar seus sonhos financeiros, estabelecendo metas claramente definidas, avaliando sua situação financeira atual, identificando pontos fortes e fracos e criando um plano e etapas para ajudá-lo a chegar lá.

Seu contador é um ótimo recurso, mesmo que você se considere bom com números. Um contador pode ajudá-lo a preparar seus impostos, oferecer recomendações fiscais apropriadas, gerenciar cronogramas de depreciação e muito mais.

É o trabalho deles ajudar a fazer com que os números funcionem para você:

  • certificando-se de que você está em conformidade;
  • aconselhando você sobre como reduzir seu imposto;
  • por fim, ajudando você a maximizar o fluxo de caixa.

Eles também avaliarão objetivamente o desempenho da sua empresa, onde você está ficando aquém e como você pode melhorar.

Ademais, muitas empresas de contabilidade também oferecem serviços de consultoria e coaching de negócios para ajudar psicólogos com o planejamento estratégico.

Por fim, investir em um bom contador economizará dinheiro a longo prazo e preparará sua profissão para o sucesso.

QUANDO UM PSICÓLOGO DEVE PROCURAR UM CONTADOR?

O erro número um que as pessoas cometem em relação às finanças de seus negócios (psicólogos também),  é não prestar atenção aos números. Há um estresse constante em torno de não ganhar o suficiente.

No entanto, ao cavar, geralmente encontramos receitas e despesas que não estão sendo rastreadas o mais de perto possível.

Embora você deva se consultar com seu contador regularmente, é particularmente importante obter aconselhamento financeiro quando você:

  • Está começando;
  • Se está tendo problemas para pagar suas contas;
  • Em seguida, se está procurando crescer;
  • Está preparando-se para buscar investimento;
  • Se está considerando grandes empréstimos bancários;
  • Por fim, se está preenchendo seus impostos ou lidando com questões fiscais complicadas.

Peça ajuda especializada sempre que tiver dúvidas ou preocupações. Isso ajuda a manter quaisquer problemas financeiros sob controle.

ESCOLHENDO A PESSOA CERTA

Diferentes contadores têm diferentes estilos e áreas de especialização.

Em seguida, alguns se concentram principalmente em questões de contabilidade e tempo de impostos. Outros oferecem uma gama completa de serviços empresariais.

Portanto, se você está começando no ramo da psicologia, encontre um contador que tenha experiência em lidar com pessoas em seu setor e estágio de negócios.

Você obterá o máximo valor de um contador diligente e proativo que disseca seus documentos financeiros e detecta possíveis problemas antes que eles surjam.

Entretanto, quando você encontrar seu contador pela primeira vez, atualize-o sobre todas as diferentes partes do seu trabalho. Exemplos de documentos úteis incluem:

  • registros financeiros passados
  • uma previsão de fluxo de caixa
  • projeções
  • um plano de negócios.

Se você é novo nos negócios, contrata ou trabalha sozinho, um contador especializado nessas áreas pode ajudá-lo a criar esses documentos.

POR QUE CONTRATAR UM CONTADOR PARA PSICÓLOGOS?

Mesmo que você goste de gerenciar seu próprio dinheiro, é útil ter um olho treinado para procurar oportunidades e riscos que você pode não ver. Às vezes, a coisa mais valiosa que um planejador financeiro pode fazer por você é impedi-lo de tomar decisões emocionais.

Um contador pode ajudá-lo com gerenciamento de dinheiro, consultoria de investimento, planejamento imobiliário, planejamento de seguros, planejamento de negócios e muito mais.

Essencialmente, ele ajuda a reunir o quadro geral de sua vida financeira, orientá-lo através do que está funcionando, o que não está e mudanças a serem feitas nas suas finanças.

Dúvidas? Entre em contato com a nossa contabilidade agora mesmo!

5 Dicas Para Abrir Seu Negócio Com Pouco Dinheiro

Você tem ideias na cabeça, mas bolsos vazios. Então a questão é: sem dinheiro, como começar seu negócio? No primeiro semestre, quase 13% dos empreendedores iniciaram seus negócios sem nenhum meio financeiro (excluindo microempreendedores). Por outro lado, uma proporção de 27% para a categoria única de empreendedores individuais.

Como eles, você quer embarcar na aventura da criação de negócios? Aqui estão nossas dicas para iniciar seu negócio de sucesso com pouco ou nenhum dinheiro….

1. CUIDE DO SEU PLANO DE NEGÓCIOS

Para abrir um negócio sem dinheiro, cuide do seu plano de negócios!

Este é o básico da ambição empreendedora. No entanto, o plano de negócios é o roteiro e a bússola do empreendedor que deseja criar seu negócio, especialmente na ausência de investimento pessoal. Em seguida, sua elaboração deve ser o resultado de um trabalho de reflexão e amadurecimento do seu projeto.

No entanto, este documento é a principal parte dos seus arquivos de solicitação de financiamento, porque é o seu argumento para bancos e potenciais investidores.

O plano de negócios deve:

  • resumir a identidade e a razão de ser da empresa que você cria, seu processo de fabricação e criação;
  • apresentar um estudo de mercado;
  • por fim, detalhar sua estratégia de desenvolvimento e, é claro, seus objetivos e necessidades financeiras.Negócio

Portanto, quanto mais cuidadoso for o seu plano de negócios, mais chances você coloca ao seu lado para obter os empréstimos ou levantar os fundos que permitirão que você realize seu projeto de criação de negócios sem contribuição pessoal.

2. ESCOLHA O STATUS CERTO

Você quer se candidatar a um financiamento, mas não tem informações para o seu projeto de criação de negócios? Sem problemas. Todas as formas de sociedade permitem criar sua empresa sem capital social.

Por outro lado, dependendo da sua situação inicial, no entanto, alguns status serão mais adaptados do que outros ao seu projeto.

Como fazer a escolha certa? se você é um empreendedor individual, pode optar pelo regime da microempresa. Por outro lado, se você começar com várias pessoas ou pretende fazer parceria em um futuro próximo, poderá criar uma ERL (empresa de responsabilidade limitada), ou uma SAS (sociedade anônima simplificada / sociedade anônima simplificada para uma única pessoa).

3. CROWDFUNDING PARA SEU NEGÓCIO

Você pode pedir aos seus entes queridos que invistam na criação de sua estrutura financiando parte de seus próprios fundos.

Por outro lado, se você não quiser envolver as pessoas ao seu redor em seu projeto de criação de negócios, também pode arrecadar fundos de pessoas anônimas por meio de crowdfunding, um dispositivo que está se tornando cada vez mais usado.

O crowdfunding pode assumir várias formas: você pode usar doações, empréstimos ou financiamento de capital próprio. Algumas plataformas são especializadas em um setor de atividade ou tipos de projeto.

4. INVISTA EM MARKETING E COMUNICAÇÃO

Seja qual for a sua atividade, você deve se dar a conhecer para atrair clientes. E, sem clientes, sem receita…

Felizmente, a era digital favorece a publicidade a custos mais baixos (referenciação natural, redes sociais…). Se você tem uma rede grande, também aproveita para se comunicar através do boca a boca.

5. CONTRATE PROVEDORES PARA SEU NEGÓCIO

Sem ir tão longe quanto contratar pessoas desde o início do seu negócio, você provavelmente precisará de prestadores de serviços. Um advogado para acompanhá-lo em seus esforços, um web designer para o seu site… Uma solução (entre outras) é fazer parceria com terceiros competentes em áreas que você não domina!

Como você deve ter entendido, alguns investimentos são muitas vezes inevitáveis e incompressíveis. No entanto, não importa o quanto você use todos os esquemas, será difícil para você embarcar em um projeto de fabricação de roupas sem uma contribuição mínima. Mesmo que seja para pagar seus primeiros esforços.

Por fim, com todos os truques do mundo, é impossível abrir um negócio sem investimento. Você não é um desenvolvedor? Você terá que pagar um provedor para criar um site… Financiar o início do seu negócio sem dinheiro não é fácil… Mas uma contribuição mínima às vezes é suficiente!

 

Quais São as Vantagens da Consultoria Contábil?

Ter consultoria contábil é um dos fatores fundamentais para que uma empresa seja bem-sucedida. Através de uma boa contabilidade, os empreendedores podem medir com precisão os resultados do negócio e a eficácia das estratégias que estão sendo implementadas.

Por outro lado, permite o cumprimento de todos os regulamentos fiscais exigidos de um negócio.
A contabilidade fornece as informações necessárias que apoiam o processo de tomada de decisão em uma empresa, no que diz respeito ao planejamento e controle.

Portanto, é vital ter ordem e controle, juntamente com os serviços de um profissional para organizar as estruturas financeiras e de negócios, operacionalmente falando.

Um contador é essencial porque a atividade financeira sofre inúmeras e complexas mudanças, o que é muito importante para ter a assistência de uma pessoa que possui conhecimento do assunto e também o atualiza constantemente.

O QUE OS CONTADORES FAZEM?

As principais responsabilidades dos contadores em uma empresa são:

  • Desenvolver, analisar e interpretar demonstrações financeiras.
  • Implementar o sistema contábil mais adequado.
  • Verificar a precisão das transações registradas em livros e verificar os registros subsidiários.
  • Verificar o cumprimento das obrigações fiscais.
  • Estabelecer o procedimento ideal para o registro de transações realizadas pela empresa.
  • Auditoria interna para verificar se há vazamentos, o que permite preservar a confiança dentro da equipe.

A contabilidade falsa pode levar a empresa e seu representante legal a sérios problemas legais. Ter consultoria contábil é o primeiro passo para evitar o fracasso de um negócio, daí a importância de um contador manter tudo certo e transparente.

Há muitos benefícios em contratar um contador para o seu negócio. Os contadores têm uma compreensão profunda do que os números nas demonstrações financeiras representam e quais problemas eles podem estar indicando.

Ter um contador na equipe melhorará a capacidade de uma empresa de tomar decisões, porque os contadores são capazes de ver além dos números nas demonstrações financeiras.

A CONSULTORIA CONTÁBIL PERMITE UMA MAIOR EXPANSÃO DO SEU NEGÓCIO

Trabalhar com um contador pode ajudar a expandir um negócio. Quando as empresas estão experimentando crescimento ou tentando alcançar o crescimento, os contadores podem ajudar, fornecendo aos gerentes de negócios informações sobre gerenciamento de fluxo de caixa, gerenciamento de estoque e financiamento de negócios.

Eles também podem criar previsões e orçamentos para ajudar a orientar uma empresa e garantir que ela esteja de acordo com os objetivos dessa empresa. Se enfrentar alguma fusão, aquisição ou venda de uma empresa, o contador garantirá uma transição suave.

Por outro lado, os contadores ajudam as empresas com operações regulares, fornecendo preparação e análise mensais das demonstrações financeiras. A análise ajudará os gerentes a tomar decisões informadas com os dados mais atualizados.

Os contadores também podem ajudar supervisionando a folha de pagamento e estimando pagamentos de impostos ao longo do ano.

Então, os contadores ajudam as empresas a evitar erros financeiros que podem custar dinheiro a uma empresa.

Por outro lado, um contador evitará erros pequenos e grandes – como descobertos para contas bancárias ou perder um prazo fiscal que pode resultar em enormes penalidades.

OBTENHA CONSULTORIA CONTÁBIL

Ter um contador em uma equipe de negócios dará informações valiosas sobre esse negócio para ajudar a tomar boas decisões.

No entanto, delegar este trabalho a um contador de meio período dará aos gerentes e proprietários mais tempo para se concentrarem nas operações do negócio.

Você não precisa ser um especialista financeiro para estar nos negócios. Um bom contador irá liberá-lo para se concentrar em seu trabalho, ao mesmo tempo em que lhe dará confiança de que seus números estão funcionando para você.

Um contador proativo ajudará você a reduzir seus impostos, maximizar os lucros e alcançar seus objetivos.

Por fim, os empresários bem-sucedidos procuram aconselhamento financeiro regularmente — não importa em que estado suas contas estejam.

Entre em contato com a nossa Contabilidade!

Os Segredos Que Os Investidores Não Contam

Quando você se depara com qualquer investidor bem-sucedido no Brasil ou no exterior, sua tendência natural é ir até eles e pedir alguns conselhos sábios. Embora Selfies com investidores estrela pareçam bastante atraentes para compartilhar no Facebook ou Instagram, há uma verdade maior que você precisa entender.

Para aqueles que gostam de receber autógrafos de gerentes de fundos, pergunte quantas dicas úteis e acionáveis eles já receberam? Portanto, vamos entender os segredos de investimento do mercado de ações que a maioria dos investidores bem-sucedidos não lhe dirá.

Os ricos pensam em dinheiro de forma um pouco diferente. Veja como você pode capitalizar o que eles sabem. Às vezes, as pessoas ricas parecem habitar outro mundo, além das preocupações financeiras da classe média trabalhadora.

Muitos especulam que há um segredo para se juntar às fileiras da elite, muitas vezes envolvendo uma herança de um parente rico ou uma ideia multibilionária. Mas a verdade é que geralmente se resume a impulsionar e um planejamento financeiro inteligente.

Aqui estão quatro dos “segredos” que podem ajudar qualquer trabalhador a aumentar seu patrimônio líquido.

1. SEU DINHEIRO DEVE FUNCIONAR PARA VOCÊ, NÃO O CONTRÁRIO – DIZEM OS INVESTIDORES

A sabedoria convencional diz que você deve conseguir um emprego e trabalhar duro para construir riqueza. Há verdade nisso, mas se o seu único meio de renda envolve trocar tempo por dinheiro, então seu potencial de renda é limitado pelo número de horas em uma semana de trabalho.

Os investidores sabem que ganhar dinheiro nem sempre requer trabalho duro, e aproveitam todas as oportunidades para gerar novas fontes de renda passiva.

A renda passiva pode vir de várias fontes, incluindo propriedades de aluguel, royalties sobre obras criativas ou investimentos. Você não precisa de muito dinheiro para começar a investir, mas é importante manter seu portfólio diversificado para que você não se exponha a muito risco.

Não tente cronometrar o mercado vendendo quando acha que está no auge ou comprando quando acha que está no fundo do poço. Essa abordagem é quase garantida para perder seu dinheiro. É melhor você comprar investimentos de qualidade e mantê-los a longo prazo.

É importante entender os custos associados a todos os seus fluxos de renda passiva. Por exemplo, se você administra várias propriedades de aluguel, pode haver custos de manutenção que consomem seu lucro.

Da mesma forma, quando você investe, pode haver custos associados aos seus produtos de investimento, como taxas para cada negociação ou índices de despesas em fundos mútuos.

Tente mantê-los baixos para ajudar a maximizar seus lucros. Os fundos de índice são uma ótima opção para investidores que querem uma maneira barata de diversificar seu portfólio e obter retornos substanciais.

2. INVISTA SEUS GANHOS

A maioria das pessoas acha que os ricos vivem estilos de vida luxuosos e, embora alguns deles o façam, muitos dos ricos chegaram onde estão vivendo frugalmente e investindo uma grande parte de seus ganhos.

Pode ser difícil evitar a tentação de gastar além dos seus meios, mas é crucial que você resista. Caso contrário, você pode se encontrar endividado, o que dificultará ainda mais sua capacidade de economizar para o futuro.

Defina um orçamento para si mesmo, se ainda não o fez, e se esforce para reservar pelo menos 20% de sua renda para poupança sempre que possível.

Quando você receber um aumento, aumente seu valor de poupança mensal antes de fazer qualquer outra coisa. E se você já está endividado, tome medidas para pagar suas contas.

Um cartão de transferência de saldo é uma boa opção para lidar com a dívida do cartão de crédito. Você também pode tentar um empréstimo pessoal.

3. O TEMPO É A MOEDA MAIS VALIOSA

Quando se trata de investir, seu ativo mais valioso é o tempo. O dinheiro que você contribui mais cedo em sua vida é mais valioso do que o dinheiro que você contribui mais tarde, graças aos juros compostos.

No começo, você só ganhará juros sobre suas contribuições iniciais, mas com o tempo, você também começará a ganhar juros sobre seus juros, ajudando seu saldo a crescer muito mais rápido.

Mesmo que você não possa se dar ao luxo de investir muito dinheiro hoje, suas pequenas contribuições ainda podem crescer em uma grande quantia ao longo do tempo, então é melhor começar agora do que esperar até mais tarde.

Automatize seus investimentos sempre que possível, para que você não precise se preocupar em se lembrar de reservar o dinheiro por conta própria todos os meses.

4. OS INVESTIDORES DIZEM PARA NÃO FAZER NADA SOZINHO

As pessoas ricas nem sempre sabem mais sobre finanças ou investimentos, mas entendem o valor do aconselhamento de um profissional.

Embora algumas pessoas possam recusar o custo de contratar um consultor financeiro para gerenciar seu dinheiro, os ricos entendem que, com a ajuda de um consultor, seu dinheiro poderia crescer mais rápido do que se o estivessem gerenciando por conta própria.

Um consultor financeiro pode sugerir investimentos e estratégias que você não considerou para atingir seus objetivos financeiros mais rapidamente. No entanto, é crucial que você escolha um consultor pago.

A riqueza raramente vem da noite para o dia, mas sendo responsável com seu dinheiro, buscando novas e maiores fontes de renda e pedindo ajuda quando precisar, você pode aumentar constantemente seu patrimônio líquido ao longo do tempo.

O Que Você Precisa Saber Sobre BPO Financeiro?

 

Muitas empresas estão procurando maneiras de gerenciar fluxos de caixa e economizar custos. Por outro lado, uma maneira específica de fazer isso é contratar alguém que tenha o conhecimento fundamental que pode realizar finanças e contabilidade offshore. Como fazer isso? Através do BPO Financeiro!

Finanças e contabilidade são dois aspectos de um negócio que trabalham juntos. Trata-se de acompanhar as demonstrações financeiras, transações financeiras e relatórios financeiros.

No entanto, essas transações financeiras são registradas em um balanço usando princípios contábeis geralmente aceitos. Por outro lado, a demonstração financeira é onde todas as transações podem ser encontradas e, em seguida, apresentadas à equipe de gerenciamento ou cliente para relatórios financeiros.

Tudo isso é essencial em qualquer relatório de finanças corporativas sobre contabilidade financeira, porque medirão o retorno do investimento, a demonstração de resultados, a tributação de renda, os ativos financeiros, a análise de fluxo de caixa e até mesmo os passivos que a empresa possui.

Portanto, aqui são as principais razões pelas quais a maioria das organizações opta por terceirizar finanças e contabilidade.

TENDÊNCIAS DE BPO FINANCEIRO E CONTÁBIL

Mais e mais empresas estão vendo cada vez mais a terceirização como uma solução para todos os problemas nas operações de negócios.
Seja para ganhar uma vantagem no mercado financeiro, realizar cursos de finanças ou impulsionar o desempenho financeiro da empresa, finanças e contabilidade terceirizadas podem ajudar em grande parte.

Aqui estão várias tendências contábeis e financeiras com as quais uma empresa de terceirização pode ajudá-lo a se alinhar:

O BPO FINANCEIRO PERMITE A VISIBILIDADE EM TEMPO REAL

Atualizar seus dados financeiros e registros financeiros toda vez que uma transação financeira ocorre leva muito tempo.

As empresas de terceirização podem resolver esses problemas de negócios e fornecer dados em tempo real, precisos e de alta qualidade para todos os clientes e empresas de investimento.

ASSISTÊNCIA FISCAL

A maioria das empresas de contabilidade terceirizadas inclui preparação de impostos para agências governamentais e consultoria entre seus principais serviços.

Ao confiar neles para lidar com todos os seus registros financeiros, há uma sinergia desenvolvida entre sua preparação de impostos e contabilidade.

PLANEJAMENTO

Para empresas que não têm tempo e recursos para lidar com conceitos financeiros complexos, planejamento financeiro e registro de transações, as empresas de terceirização podem colocar contadores e analistas financeiros de classe mundial no comando desses esforços.

Com isso definido corretamente, sua contabilidade pode começar a alinhar suas operações de negócios com as estratégias do mercado financeiro.

PAINÉIS DE DESEMPENHO

Os painéis compilam e atualizam seus principais indicadores de desempenho (KPIs) em um só lugar para que os líderes de negócios possam acessar qualquer informação financeira a qualquer momento.

As empresas de investimento podem configurar e manter painéis ou livros gerais para clientes ansiosos para tomar decisões de negócios com base em insights de negócios, em vez de intuição.

MIGRAÇÃO PARA A NUVEM

Mudar suas práticas e serviços contábeis para a nuvem é mais importante do que nunca hoje em dia. No entanto, as empresas de terceirização podem lidar com questões técnicas, financeiras e operacionais para tornar a análise quantitativa mais fácil e confiável.

Por outro lado, com o uso de tecnologia e software de contabilidade terceirizados, a contabilidade gerencial pode ser feita de forma perfeita e precisa.

No entanto, esta é a razão pela qual a terceirização contábil se tornou uma tendência e uma alternativa inteligente para a maioria das organizações. Tornou-se o serviço ideal para capacitar as empresas a colher os benefícios de trabalhar com empresas de terceirização financeira e contábil confiáveis e hábeis.

Por fim, a maioria das empresas de terceirização tem uma equipe de recrutamento experiente que é capaz de contratar contadores públicos certificados e profissionais de finanças hábeis e experientes no campo.

Dúvidas? Fale conosco!

Quais os Documentos Necessários para a Declaração de IR?

O desafio de reunir todos os documentos que você precisa para registrar sua declaração anual de imposto de renda pode ser demorado. Como você se sente ao declarar seus impostos pode depender da sua situação financeira.

Você provavelmente pode bocejar se for solteiro, alugar sua casa e trabalhar em um emprego, mas terá que dedicar algum tempo ao processo de arquivamento se for casado, for pai solteiro com pelo menos um de seus filhos morando em casa, tiver investimentos, for autônomo ou trabalhar em vários empregos.

Documentos Necessários

A Receita Federal (IRS) já sabe quanta renda você trouxe no ano passado; ele só quer que você confirme na sua declaração de imposto de renda.

Então, qualquer pessoa que lhe pague mais de um salário ao longo do ano é obrigada a registrar uma declaração com a Receita Federal relatando esses pagamentos. Portanto, você  deve receber uma cópia desses formulários para ajudá-lo a preparar sua declaração de imposto de renda.

Esses retornos de informações vêm de várias formas, dependendo do tipo de renda que você recebeu. Se você teve vários empregadores durante o ano, receberá um de cada um deles. Por outro lado, este formulário detalha seus ganhos e quanto em termos de imposto de renda foi retido do seu pagamento e enviado para a Receita Federal em seu nome.

O Formulário cita quanta renda você ganhou como não funcionário se recebeu pagamento por qualquer trabalho que fez ou serviços que realizou como contratado independente ou proprietário individual.

Documentos Que Suportam Deduções Fiscais

Identificar os documentos que você precisará para reivindicar certas deduções fiscais pode ser um processo árduo.

Idealmente, você os coletou durante todo o ano, desde que pagou certas despesas. Não é necessário fornecer seus recibos à Receita Federal, a menos que você seja auditado, mas você precisará deles para verificar quanto pode reivindicar por várias deduções, e você vai querer mantê-los à mão por precaução.

Embora você possa seguir o caminho mais fácil e simplesmente reivindicar a dedução padrão para o seu status de arquivamento, você terá que saber quanto gastou em despesas qualificadas se decidir detalhar.

Em suma, deduções detalhadas comuns incluem doações de caridade, impostos estaduais e locais sobre propriedade e renda, despesas médicas e seguro de saúde.

Quais documentos fiscais eu preciso manter?

Pode ser aconselhável manter suas declarações fiscais anuais de pelo menos os últimos três anos. Você provavelmente vai querer fazer referência à declaração de imposto do ano anterior quando registrar a declaração do ano atual.

Por outro lado, você também vai querer manter quaisquer recibos de contribuições, comprovantes de deduções fiscais ou créditos fiscais que você espera reivindicar e quaisquer formulários que a Receita Federal lhe enviar durante todo o ano.

Por fim, você provavelmente também precisará de um documento de identificação com foto e datas de nascimento para você, seu cônjuge e seus dependentes se não tiver uma declaração de imposto de renda do ano anterior.

No mais, os documentos mais importantes para a declaração do imposto de renda são:

  • Endereço atualizado;
  • Nome, CPF e data de nascimento dos dependentes;
  • Cópia da última Declaração de Imposto de Renda;
  • Atividade profissional atual.

Outros

Embora possa parecer muita papelada, reuni-la e organizá-la valerá a pena, especialmente se a sua situação fiscal for complexa e exigir muita documentação.

Outros documentos podem incluir:

  • No caso de imóveis – Data de aquisição, área do imóvel, IPTU, registro de inscrição no órgão público e registro no cartório de Imóveis;
  • No caso de contas correntes e aplicações financeiras – CNPJ da instituição financeira, agência e número da conta.

Você precisará de todas essas informações e documentação, quer prepare sua declaração de imposto de renda ou se decidir contratar um profissional.

Qual o custo do Vale Alimentação para Empresa?

O vale alimentação é uma vantagem oferecida pelas empresas para que os funcionários possam fazer suas compras em supermercados, açougues, etc.

Mas você sabe para que serve o vale-alimentação? Quais são os direitos do trabalhador em relação a este benefício? Saiba tudo em nosso artigo.

O que é vale alimentação?

O Vale Alimentação é uma vantagem oferecida pelas empresas para que os funcionários possam comprar produtos alimentícios.

Podemos dizer que é o sucessor das cestas básicas, anteriormente distribuídas pelas empresas aos seus colaboradores para uso próprio ou para sua família. É aceito em estabelecimentos como supermercados, padarias e açougues.

Por outro lado, pode ser um bom incentivo para seus colaboradores, pois também coloca a empresa em outro patamar competitivo no mercado.

Este tipo de vantagem permite atrair novos colaboradores e sobretudo reter talentos e gerar poupanças no processo de recrutamento.

O vale alimentação é obrigatório?

Há uma série de benefícios obrigatórios sob a Lei CLT.

No entanto, o vale alimentação e o vale-transporte não atendem a esses requisitos. Contudo, as empresas aderem a essa vantagem para manter seus colaboradores motivados e, consequentemente, criar um atrativo diferencial de mercado.

As empresas vinculadas a algum tipo de sindicato passam a ser obrigadas a dar vale-refeição para a equipe a partir do que estiver definido, a empresa tem o direito de escolher ou oferecer vale-alimentação ou vale-transporte, ambos ou nenhum.

Como é oferecido?

No mercado atual, a forma mais comum de visualização do vale alimentação é por meio de cartões, como cartões de crédito, onde as empresas depositam o valor mensalmente, tornou isso mais fácil e conveniente, oferecendo diversos benefícios aos colaboradores, como:

  • Consulta em tempo real via aplicativos;
  • Possibilidade de utilização do valor em vários estabelecimentos;
  • Poupança nas despesas de alimentação;
  • Planejamento antecipado, pois o funcionário terá acesso à data em que o valor será pago.

No entanto, algumas empresas ainda pagam esse benefício em dinheiro, incorporando o valor ao salário.

Por se tratar de um benefício não obrigatório, o valor do vale alimentação pode ser definido pela própria empresa. De acordo com o artigo 458, no artigo 3, o valor dos benefícios relativos a refeições não deve exceder em 20% o salário do trabalhador.

Benefícios fiscais do vale alimentação

Uma grande vantagem para as empresas que pagam vale alimentação aos empregados é a possibilidade de deduzir do salário o valor do imposto de renda em até 4%, e evitar impostos e encargos, portanto sem impacto no FGTS, contribuições previdenciárias ou verbas rescisórias.

Atualmente, mais de 148 mil empresas adotam o Programa de Alimentação do Trabalhador, atendendo mais de 14 milhões de funcionários.

O vale alimentação também deu às empresas a possibilidade de planejar gastos com benefícios, por meio dos quais é possível estipular um valor a ser depositado e, assim, controlar os custos com funcionários.

Atualmente, com a evolução da inflação e a alta dos preços dos alimentos, seria impossível prever seu valor mensalmente. Além disso, muitos alimentos que estavam na cesta básica não são apreciados por todos os funcionários. Este problema foi eliminado com o vale-alimentação.

As empresas que geralmente adotam uma política de benefícios como um dos atrativos do mercado tendem não apenas motivar os funcionários, mas também conseguem atrair mais talentos.

A maioria dos profissionais não considera apenas o salário ao aceitar uma vaga. A empresa faz grande diferença em atrair os melhores profissionais, que têm uma verba disponível para gastar em supermercados, açougues, etc.

E para colocar em prática uma política atrativa de benefícios sociais, não há segredo, basta se planejar economicamente para evitar prejuízos. Também é importante contar com profissionais que entendam o monitoramento e a gestão dos benefícios para evitar problemas.

Dúvidas? Entre em contato com a nossa Contabilidade!